Pressão exagerada de investidores ameaça grandes produtos

Nem sempre uma boa ideia vira um bom produto. As sementes dos bons produtos, na verdade, na maioria das vezes acaba não dando em nada. Timing, investimento, bom senso e trabalho duro estão por trás de qualquer sucesso em qualquer indústria. Quando um grande produto vem à tona e consegue levantar a cabeça para fora d’água, uma grande combinação de fatores ocorreu. Assim, se uma economia que não se importa em sacrificar a existência desses fenômenos por causa de um lucro imediato maior, ela tem algo fundamentalmente distorcido, porque a economia é uma instituição da sociedade e tem de servi-la em alguma medida. E, diga-se, a economia tem algo fundamentalmente distorcido. Continue reading “Pressão exagerada de investidores ameaça grandes produtos”

Caso do Pirate Bay é divisor de águas para direitos autorais

Há uma guerra quase silenciosa nos bastidores da web. Ela tem, de um lado, o lobby das megaindústrias de conteúdo (especialmente os estúdios de Hollywood) e de outros, Peter Sunde, Gottfrid Svartholm e Fredrik Neij, responsáveis pelo The Pirate Bay, maior site de torrents do mundo. E ela está destinada a redesenhar o panorama da indústria de conteúdo. Continue reading “Caso do Pirate Bay é divisor de águas para direitos autorais”

De fornecedores a distribuidores de conteúdo

Raramente um setor da indústria – qualquer indústria – está preparado para mudanças que mexam no cerne de sua atividade. Por exemplo (citando o jornalista Paulo Markun), os copistas católicos pré-gutemberguianos dificilmente poderiam entender que a sua atividade não faria mais sentido com a invenção da prensa; fabricantes de artigos como máquinas de escrever, carburadores de motores a combustão e enceradeiras não conseguiam vislumbrar um mundo sem suas presenças; massagistas de times de futebol não imaginaram que a ciência traria novas formas de se evitar contusões. O jornalismo tradicional sofre o mesmo mal. Mas se evitada a negação freudiana, há saídas.

Continue reading “De fornecedores a distribuidores de conteúdo”