Na era digital, conectividade é a palavra-chave

“Eles trabalham com uma infinidade de coisas que não controlam; criam, mas não as possuem; agem mas não supõem; eles têm sucesseo, mas não se apegam ao sucesso e justamente por isso, o sucesso jamais os deixa”. A descrição  poderia ser sobre Bill Gates quando fez seu Windows mais aberto do que o establishment (leia-se, então, a IBM) permitia ou quando Steve Jobs entendeu que o DRM era uma bobagem e que  vender conteúdo era um problema de formato e não de combate à pirataria.…

O IPO do Facebook e a crônica de uma morte anunciada

O maior e mais aguardado IPO da história da indústria de tecnologia finalmente aconteceu e não foi apenas frustrante. Apesar do título ter encerrado o primeiro dia de pregão na NASDAQ com o valor inalterado, os acionistas que se apressaram nas compras da sexta-feira de lançamento descobririam que eram felizes e não sabiam quando o título fechou a semana seguinte com uma redução de quase US$6 em relação sos U$38 iniciais.…

De-massificação da mídia deu um nó na cabeça da imprensa

Durante o século XX, a mídia de massas atingiu seu ponto máximo. Por causa de restrições tecnológicas e regulamentação, a imprensa de uma maneira geral era quase que totalmente controlada pelo governo ou próxima dele. Somente em países nos quais as instituições eram mais fortes e a democracia mais consolidada, havia uma imprensa realmente determinada a contestar medidas governamentais.…

CISPA, ataque de guerrilha com apoio do Facebook e Microsoft

Ao melhor estilo das enrustidas ditaduras pseudopoulistas, o Congresso americano aprovou na noite de ontem, numa votação que não estava na agenda, a CISPA, uma lei cuja proposta admitida é a de combater a cyberpirataria e os ataques a redes privadas, governamentais e públicas nos Estados Unidos mas que, na verdade, abre possibilidades para os major players de Hollywood e as grandes corporações a fazer o que queriam fazer com a famigerada SOPA, que desnudava a privacidade de usuários e permitia a combate à “pirataria”.…

A sociedade está se redesenhando nas redes sociais. E agora?

As redes sociais e outros mecanismos de comunicação digital estão cada vez mais deixando de ser playgrounds  de entretenimento de social para se converterem no que Nicholas Negroponte chama de “o novo DNA da sociedade“. Sem sentir uma conexão e resposta com os governos nacionais, as novas gerações estão começando a criar virtualmente estruturas que, se ão devem substituir or governos num futuro próximo, vão passar a ocupar esferas de poder que os governos não ocupam ou ocupam mal.…

E o Twitter tenta se provar lucrativo

De todas as ferramentas de interação social, provavelmente o Twitter é a mais impactante em termos de comportamento. Ele fez com que as pessoas conseguissem definitivamente se manter conectadas umas às outras durante o tempo todo (se isso é uma boa coisa, é um outro problema…).…

Google+ está de olho em nicho social onde o Facebook não é invencível

As risadinhas e o schadenfreude com os quais muita gente está olhando para o Google+ são recebidos pela empresa com regozijo, segundo o próprio chefe-executivo do produto. Ok, é bem verdade que o gigante de busca não deve estar ainda tão seguro assim do lançamento mais bombástico do ano, uma vez que apesar da adoção exponencial, o Google+ ainda não se transformou num produto do dia-a-dia das pessoas, nem no Brasil, nem em nenhum lugar.…