Category: Tech

Os desdobramentos e novidades que impactam na comunicação

Random thoughts on where journalism is going to

In the last decade or a little bit more, everything the world knew about communication proved to be wrong. Newspapers were brought down to Earth when they found out that the relevance they had was due to their monopolies of the distribution channels much more than from the quality of the “journalism” they produced.…

Como a ‘superstar economy’ pode ir para o lado negro da força

http://gty.im/472543724

Pare um momento, feche os olhos, e pense no roteiro de um dia normal na sua vida. Se você mora numa cidade e tem acesso à Internet (o que é extremamente provável), é praticamente certo que você seja cliente de, no mínimo, duas das maiores empresas de tecnologia do mundo (Facebook e Google), tem uma boa chance de usar os serviços e produtos de uma terceira (Apple) e não é impossível de também usar serviços de outras duas (Amazon e Uber).…

Tecnologia está ajudando a repaginar 2016 como um 1933 moderno

http://gty.im/79886933

Depois de uma crise econômica que somente os muito ricos não sentiram, ocorreu uma radicalização política que trouxe de volta à mesa temas que a calmaria política havia afastado: imigração, inflação, pobreza, desemprego, incerteza. Desse cenário, emergiu um personagem populista, demagogo, com amplas lacunas de ignorância, que liderou pesquisas com um diálogo de xenofobia, intolerância, militarista e intervencionista.…

O novo conteúdo: líquido, multiplataforma, onipresente

Capa e Homepage são a capa-e-espada do sistema de priorização do jornalismo. Desde a publicação do Relation aller Fürnemmen und gedenckwürdigen Historien, supostamente o primeiro jornal do Ocidente, as histórias mais relevantes (na opinião do editor) iam para o espaço nobre – a capa.…

Snapchat: novo Facebook ou vigarista digital?

Se períodos de alta (ou altíssima) especulação financeira em cima de produtos que não dão lucro sinalizam  uma bolha financeira chegando, então temos uma maciça por aí e o Snapchat ergue a bandeira. Com faturamento zero até 2014, a plataforma chegou a uma avaliação de US$20 bilhões e já levantou quase 10% disso em investimento.…

Lei da I Guerra ainda funciona para calar denúncias contra o poder

Num vídeo muito simples, a ACLU (American Civil Liberties Union) levanta a aberração: uma lei de 100 anos ainda é usada para que o establishment possa processar quem denuncia aberrações como a NSA sob a acusação de espionagem. Se você ainda não viu esse vídeo, assista e o compartilhe.…

Fim do arco-íris digital pode reservar distopias para a sociedade

Não precisa procurar no dicionário. Datageddon não é um verbete (ainda) e na verdade é um termo que sugere mais risada do que medo por ter surgido numa aspa já clássica de um seriado da HBO. Contudo, pior ainda do que uma ‘bolha’ no mundo da tecnologia que pode trazer grandes perdas econômicas, uma hecatombe digital pode levar o endereço da sua casa às mãos de quadrilhas criminosas – e não, não estamos falando do governo.…

A semana em que Marco Feliciano mandou na sua Web

É bem pouco provável que você saiba que na última quarta-feira o Marco Civil da Internet sofreu seu primeiro teste legal com a votação do relatório da CPI Ciber, uma investigação do Congresso que tinha os crimes cibernéticos como assunto.…

Desaprender é o único modo de achar soluções do jornalismo digital

O memorando de um editor de um jornal americano motivou um artigo da Poynter na semana passada, trazendo uma análise interessante da fragilidade do modelo de negócios dos jornais.  A conclusão do artigo é simples e nada surpreendente: empresas de notícias não têm como bancar a qualidade do seu produto.…

O ‘Império’ do direito autoral contra ataca

Você gosta de música e é muito provável que já tenha baixado conteúdo – ou feito “pirataria” na opinião da MPAA (o lobby do entretenimento americano). As gravadoras foram redimensionadas para proporções muito menores e ouvir música (e ver filmes) ficou muito mais barato com sistemas de OTT como Netflix ou Spotify.…

‘Colapso de contexto’, o nome do suposto pesadelo do Facebook

“E então se faça o Facebook”, e se fez o Facebook. A Bíblia não diz isso, mas ela tratasse da história na mídia digital, há bastante chance de que Gênese 1:3 fosse assim. A arquetípica rede social é tão suprema em todos os seus aspectos que é imaginá-la com problemas soa irreal – mas é verdade: o Facebook não consegue mais fazer você postar fotos do seu cachorro – e ele se preocupa com isso.…

Twitter: quando 330 milhões de usuários não bastam

O microblog que iconizou os 140 caracteres tem impacto global. Não há personagem público no mundo que não desenhe a sua identidade através de uma conta na rede, cuja receita neste ano deve passar dos US$2.5 bilhões. A fama e a relevância, contudo, não bastam para o Twitter.…