Rukmini Callimachi é a jornalista mais ‘fodona’ do New York Times e não é só por estar na empresa jornalística mais icônica do Ocidente: ela cobre as andanças e peripécias doentias do Estado Islâmico e acompanha todos os desdobramentos da